Conserto de liquidificador passo a passo!

Escrito na categoria "Componentes elétricos e eletrônicos" por Henrique Mattede.

O liquidificador é um eletrodoméstico que quase todo mundo tem em casa, mas que muitos eletricistas não sabem ganhar dinheiro dando manutenção. Nesse artigo, o Mundo da Elétrica vai mostrar como identificar e resolver os principais problemas de um liquidificador, além de explicar se compensa ou não dar manutenção, porque tem casos em que é melhor comprar um novo.

Liquidificador

Praticamente toda cozinha do Brasil tem um liquidificador! A sua principal utilidade é triturar, misturar ou liquidificar frutas e legumes através de um conjunto de facas localizada na parte inferior do copo.

O liquidificador por ser usado direto e reto, pode dar alguns defeitos, as vezes por mau uso ou apenas por já necessitar de manutenção mesmo. Sabendo disso, separamos alguns modelos de liquidificadores com defeitos diferentes para poder mostrar algumas soluções para você.

Copo do liquidificador danificado

O problema mais comum é com copo do liquidificador, porque ele pode cair no chão, trincar, começar a vazar e muito mais. Mas esse problema é fácil de resolver, se o seu copo estiver em perfeito estado, mas estiver vazando é só trocar o conjunto de facas ou substituir as vedações presente nele. Para tirar o conjunto de facas é simples, basta segurar as facas com um alicate e girar a parte de baixo.

Conjunto de facas e vedações do copo.

Mostrando como tirar o conjunto de facas do copo.

Na maioria das vezes não compensa trocar o conjunto de facas porque comprar um copo novo sai mais barato! Para comprar um novo copo, procure o modelo do liquidificador no manual ou no próprio corpo do liquidificador. Com o modelo em mãos, pesquise pelo copo na internet ou nas lojas da sua cidade. Saiba que existem copos de vários materiais como por exemplo, plástico, vidro, acrílico e aço inox.

Existem copos de vários materiais como por exemplo, plástico, vidro, acrílico e aço inox.

Procure o modelo do liquidificador no manual ou no próprio corpo do liquidificador.

Interruptor de segurança do liquidificador

Caso você nunca tenha reparado, alguns modelos de liquidificadores tem um interruptor de segurança. Ele não deixa o liquidificador funcionar sem o copo mesmo estando na tomada. Para ligar o liquidificador sem o copo, você vai ter que pressionar com muito cuidado o interruptor.

Olhando bem embaixo do copo, podemos ver a parte responsável por acionar o interruptor de segurança. Então, sempre fique atento se o copo que você está usando ou comprando tem uma parte que encaixa no interruptor.

A trava de segurança não deixa o liquidificador funcionar sem o copo.

Interruptor de segurança.

Ainda falando do interruptor de segurança, é possível que só ele pare de funcionar. Nesse caso você tem que abrir o liquidificador e testar o interruptor com auxílio de um multímetro. Para testar, é só colocar na escala de continuidade e posicionar uma ponta de prova na entrada e a outra na saída do interruptor de segurança. De preferência faça esse teste com o copo conectado, porque o interruptor pode estar desgastado e funciona só quando pressiona ele com força.

Se o interruptor estiver pressionado e o multímetro emitir o som, é porque não está danificado, mas caso isso não aconteça, o defeito é no interruptor. Sendo assim, vai ser preciso trocar o interruptor de segurança ou usar uma alternativa não recomendada, que é retirar o interruptor e emendar os fios que entram e saem dele.

É possível que só o interruptor de segurança pare de funcionar.

Trocar o interruptor de segurança ou usar uma alternativa não recomendada?

Mas compreenda que ao emendar os fios do interruptor e fazer essa ligação direta, você vai perder uma opção de segurança.

Chave seletora de velocidade do liquidificador

Por ser frequentemente ligada e desligada, é comum que a chave seletora de velocidade desgaste ou estrague. Como o próprio nome já fala, esta chave faz o controle das velocidades do liquidificador, e por isso é tão usada.

Com o liquidificador já desmontado, teste a chave seletora usando o multímetro na escala de continuidade! Coloque as pontas de provas em cada terminal e conforme for trocando as pontas de prova de terminal, gire a chave também.

A chave faz o controle das velocidades do liquidificador.

Chave seletora de velocidade desgastada ou estragada.

Fios do liquidificador rompidos

O liquidificador com os fios rompidos é um problema bem comum e simples de resolver. Para você descobrir se os fios estão rompidos vai precisar de novo do multímetro na escala de continuidade.

Você tem que ter paciência para testar em todos os pontos possíveis, e nos pontos onde o multímetro não emitir o som é porque o fio está rompido. Faça a troca do fio nesses casos, e aproveite para testar também se tem tensão chegando no liquidificador.

O liquidificador com os fios rompidos é um problema bem comum e simples de resolver.

Onde o multímetro não emitir o som é porque o fio está rompido.

Arrastador do liquidificador

Uma peça fundamental para o funcionamento correto do liquidificador é o arrastador, que é responsável por transmitir a força mecânica do motor para o conjunto de facas. É normal que o arrastador se desgaste com o tempo, e isso acaba deixando o liquidificador mais fraco e muitas vezes nem consegue girar o conjunto de facas. Quando isso acontece, a solução é trocar o arrastador!

Em cada modelo de liquidificador tem uma maneira correta de tirar o arrastador. No modelo da imagem abaixo é preciso abrir o liquidificador para ter acesso ao eixo do motor, como neste modelo a hélice parece ser bem frágil é melhor tirá-la e travar o eixo do motor com um alicate de pressão. Porém, em alguns casos você pode segurar a hélice como um pano.

O arrastador é responsável por transmitir a força mecânica do motor para o conjunto de facas.

Cuidado para não quebrar a hélice.

No arrastador tem uma pequena tampa que nem aparece direito, é preciso retirá-la com uma chave de fenda pequena. Quando tiramos a tampa é possível ver uma porca que é de rosca contrária, então para soltar, é só girar o arrastador como se fosse realizar o aperto da porca. Quando a porca sair completamente, puxe o arrastador para cima e pronto.

Uma porca que é de rosca contrária.

Remova a tampa antes de tirar o arrastador.

Agora nesse outro modelo da imagem abaixo, parece que não tem nem como tirar o arrastador, mas tem sim! O primeiro macete é tirar a proteção de cima com uma chave de fenda.

Macete é tirar a proteção de cima com uma chave de fenda.

Modelo mais difícil de tirar o arrastador.

Depois de tirar a proteção e a tampa do arrastador, abra o liquidificador. Observe na imagem que nesse modelo o eixo tem uma fenda que possibilita ser travado com uma chave para facilitar a retirada do arrastador.

Com a chave travando o eixo, basta girar o arrastador.

O eixo do motor tem uma fenda que facilita a retirada do arrastador.

Defeitos no motor do liquidificador

Agora vamos para os possíveis defeitos no motor! Essa parte é mais difícil, pois o motor pode ter diversos problemas diferentes, dentre eles os mais comuns são os carvões desgastados, bobinas do estator em curto-circuito e rotor em curto-circuito.

Carvões desgastados

Nas situações que temos motores com os carvões desgastados, basta realizar a troca deles. E como o arrastador de cada modelo de liquidificador tem as suas peculiaridades, para trocar o carvão é mesma coisa.

Nesse modelo de liquidificador abaixo os carvões estão bem fáceis de trocar, basta desencaixar os cabos da escova do motor e carvão já sai. É possível ver como um carvão está maior que o outro.

Modelo de liquidificador com os carvões bem fáceis de acessar.

Carvões das escovas desgastados.

Agora nesse outro modelo é mais difícil trocar os carvões, tem que tirar o motor todo para poder trocar. Veja na imagem que as escovas são fixadas em uma placa, nessa situação é preciso do auxílio de uma chave de fenda para abrir as travas do suporte do carvão, assim o carvão vai sair sem muita dificuldade.

Nessa situação é preciso do auxílio de uma chave de fenda.

As escovas são fixadas em uma placa.

Bobina do estator em curto-circuito

O estator é essa parte externa do motor, onde podemos ver uma bobina em cada lado, e ara testá-la é muito simples! Primeiro desmonte o motor completamente, em cada bobina do estator tem dois fios, identifique esses dois fios da bobina, e com um multímetro na escala de continuidade coloque uma ponta de prova em cada fio, assim você vai conseguir testar se a bobina não está com os fios rompidos. Caso não emita nenhum som, alguma coisa de errado já tem nessa bobina.

Outro teste a se fazer é se as bobinas estão curto circuitadas! Para isso teste a continuidade de uma bobina para outra, você também pode testar continuidade das bobinas com a estrutura do estator, se o multímetro der continuidade em alguma das situações é porque está em curto.

O estator é essa parte externa do motor.

Teste para ver se o estator está em curto-circuito.

Rotor em curto-circuito

O rotor é parte do motor que gira e é responsável por girar as facas. No corpo do rotor tem as bobinas, o eixo e as paletas que fazem o contato com os carvões. Para saber se ele está em curto-circuito, vamos fazer alguns testes de continuidade também.

Primeiro testamos os contatos entre as paletas, pegue uma de referência que você pode até marcar com uma caneta em seguida coloque uma ponta de prova na paleta de referência e com a outra ponta de prova teste cada paleta. Se não der continuidade em alguma é porque está em curto ou com fio rompido.

Depois faça o teste de continuidade das paletas para o corpo do rotor, caso haja continuidade o rotor está em curto.

No corpo do rotor tem as bobinas, o eixo e as paletas.

Teste para ver se o rotor está em curto-circuito.

Cuidados com liquidificador

O liquidificador é um eletrodoméstico simples e barato, mas mesmo assim é preciso tomar alguns cuidados na hora de usá-lo.

Assim como os eletrodomésticos, as ferramentas também precisam de manutenção. Neste vídeo do canal do Mundo da Elétrica mostramos como dar manutenção em furadeira!

Bom, e aí? Com todas essas dicas, você já sabe me dizer se compensa ou não dar manutenção em liquidificador? Podemos dizer que vai depender do defeito do seu liquidificador! Em alguns casos compensa muito mais comprar outro liquidificador do que arrumar o defeito.

É bom levar em conta que além do preço das peças, também tem o seu tempo para dar a manutenção e o deslocamento para comprar as peças. Portanto, cabe a você analisar e decidir se compensa ou não!

Sobre o autor

Autor Henrique Mattede

Eletricista desde 2006, Henrique Mattede também é autor, professor, técnico em eletrotécnica e engenheiro eletricista em formação. É educador renomado na área de eletricidade e um dos precursores do ensino de eletricidade na internet brasileira. Já produziu mais de 1000 videoaulas no canal Mundo da Elétrica no Youtube, cursos profissionalizantes e centenas de artigos técnicos. O conteúdo produzido por Henrique é referência em escolas, faculdades e universidades e já recebeu mais de 120 milhões de acessos na internet.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário