A conexão da sua instalação com a rede da concessionária é feita através do padrão de entrada, mas o que você sabe sobre o projeto do padrão de entrada? Quais são as principais características do projeto do padrão de entrada? É sobre este tema que o Mundo da Elétrica vai falar neste artigo. Então, vamos lá pessoal!

Concessionárias de Energia

O mais complicado ao falar sobre padrão de entrada é que cada concessionária tem as suas características para projetos, montagem e inspeção do padrão de entrada. E o Brasil tem dezenas de concessionárias de energia!

Por isso, vamos falar de alguns detalhes sobre projetos de padrão que são iguais em todas as concessionárias.

No site de cada concessionária existe uma norma de instalação do padrão de entrada. É esta norma que dita as regras desta concessionária para a construção do padrão de entrada. Esta norma é toda baseada na NBR 5410.

Como é feito um projeto de padrão de entrada

Concessionárias do Brasil!

Para achar esta norma, é só acessar o site da sua concessionária e procurar por normas técnicas.

Projeto do Padrão de Entrada: O que é?

O projeto elétrico de um padrão de entrada é o conjunto de informações, desenhos e tabelas que indicam como vai ser o padrão de entrada, tanto para a concessionária quanto para o eletricista padronista.

Não são todos os padrões que precisam que um projeto seja apresentado para a concessionária. A obrigatoriedade ou não do projeto varia de acordo com o tipo do padrão de entrada, e também de concessionária para concessionária.

Aqui na Concessionária CEMIG em Belo Horizonte, por exemplo, só é necessário apresentar o projeto do padrão caso sejam mais que três caixas de padrão de entrada.

Quadro de Cargas

O quadro de cargas é a tabela que indica a quantidade e as potências das cargas que serão instaladas na residência.

Esta tabela indica também como será a distribuição das cargas por fase para manter o equilíbrio das fases.

Como é feito um projeto de padrão de entrada

Equilíbrio de Fases no Quadro de Cargas

Memorial de Cálculo

No memorial de cálculo são apresentados os cálculos realizados para a definição da carga a ser instalada. Este memorial pode ter outro nome, no projeto da CEMIG ele é chamado de cálculo de demanda.

É nesta parte do projeto que são apresentados os fatores de demanda aplicados, e quais as faixas de fornecimento que atendem àquela instalação.

A faixa de fornecimento é definida em uma tabela padrão da concessionária, através da potência total calculada. É nesta mesma tabela que é definido qual o disjuntor geral que será utilizado neste padrão de entrada.

Como é feito um projeto de padrão de entrada

Dimensionamento para Unidades Consumidoras Urbanas ou Rurais atendidas por redes de distribuição secundárias (127V/220V)

Aqui no site e no nosso canal nós ensinamos como realizar estes cálculos para a definição do disjuntor geral.

Esquema de Montagem das Caixas

Todos os projetos devem conter um esquema de montagem da caixas de medição! Este esquema define os tipos das caixas, a altura e a distância entre os componentes, além de outros detalhes importantes para a construção do padrão.

Como é feito um projeto de padrão de entrada

Desenho das Caixas de Medição

O diagrama unifilar do projeto do padrão de entrada é o “desenho elétrico” do padrão de entrada. É neste diagrama que vão estar as informações sobre os cabos, disjuntores, e principalmente, a sequência em que devem ser ligados os componentes.

Saber ler corretamente um diagrama é muito importante para um eletricista. E não é ler somente o diagrama unifilar, mas todo um projeto elétrico.

Se você tem dúvidas sobre a leitura e interpretação de projetos elétricos, vale a pena conhecer o método de leitura que o Mundo da Elétrica desenvolveu para te ensinar!

Planta Arquitetônica

Dentro do projeto do padrão pode ser solicitado pela concessionária uma planta situação/ localização.

Esta planta é a que detalha pontos da rua e da instalação, indicando por exemplo, se o poste de energia da concessionária se encontra na rua, do mesmo lado da casa ou do lado oposto.

Como é feito um projeto de padrão de entrada

Planta Situação/Localização para o Projeto

Também considerando a parte da planta arquitetônica, pode ser necessário apresentar para a concessionária um corte esquemático para demonstrar a posição das caixas no muro da instalação.

Esse corte deve ter os detalhes do posicionamento de portões ou outros elementos que possam interferir na alvenaria da instalação das caixas.

Desenho de Detalhes

A concessionária pode exigir no projeto, um desenho de detalhes como por exemplo, as conexões de aterramento. Este detalhe indica as medidas da haste de aterramento, tamanho da caixa de inspeção, modelo de prensa fios e outras informações importantes.

Como é feito um projeto de padrão de entrada

Detalhes das Conexões de Aterramento

Outro exemplo é o desenho com detalhes do tipo de ramal de entrada.

Como é feito um projeto de padrão de entrada

Detalhes do Ramal de Entrada

No caso de um ramal aéreo são solicitadas informações como por exemplo, a distância entre o poste e a roldana do padrão, altura dos cabos na rua, dentre outras.

Instalações Coletivas

Em caso de prédios e conjuntos de apartamentos, os conjuntos de medidores são considerados instalações coletivas e têm uma norma diferente para o padrão de entrada.

Como é feito um projeto de padrão de entrada

Desenho da Organização dos Padrões de Entrada

Nesse tipo de padrão de entrada coletivo, outros desenhos e diagramas podem ser solicitados. Cada conjunto de andares ou apartamentos é chamado de prumada.

Veja na imagem abaixo que o diagrama unifilar de uma prumada tem as mesmas características e simbologias de um padrão de residências.

Como é feito um projeto de padrão de entrada

Informações contidas no Desenho das Prumadas

Existem vários outros detalhes que podem ser específicos de cada concessionária, porém esses que passamos são os gerais.

Se você quer aprender ou entender melhor como ler e interpretar projetos elétricos, acesse o nosso método de aprendizado! E para continuar aprendendo sobre padrão de entrada, vamos deixar aqui embaixo um vídeo do Mundo da Elétrica. Aumente os seus conhecimentos e se inscreva no nosso canal!

Não pare por aqui! Continue navegando no site do Mundo da Elétrica e aumente cada vez mais os seus conhecimentos, se tornando um profissional diferencial. Se tiver ficado alguma dúvida, não tenha vergonha e deixe ela aqui nos comentários. Compartilhe este artigo para nos ajudar e siga o Mundo da Elétrica nas redes sociais!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)