O disjuntor é um assunto que sempre gera muitas dúvidas aqui no site! Quando pesquisamos sobre o tema, uma pergunta muito recorrente foi, como fazer a troca do disjuntor do padrão de entrada? Isso acontece geralmente quando a pessoa precisa aumentar a carga, e realmente a troca deste disjuntor é diferente dos demais disjuntores que temos no imóvel.

Por isso, o Mundo da Elétrica fez este artigo com o passo a passo completo para você aprender como fazer a troca do disjuntor do padrão. Todas as informações que vamos passar seguem as exigências previstas na norma, então vamos lá pessoal!

Disjuntor do padrão de entrada

Para facilitar a explicação deste artigo, vamos usar como exemplo uma dúvida que recebemos de um seguidor. Ele informou que precisava mudar o disjuntor de 40A monopolar para um disjuntor de 70A monopolar, e ele disse que tem várias dúvidas sobre a responsabilidade dele nesta troca.

Primeiro é importante informar que o processo que vamos seguir é da CEMIG, que é a concessionária que atende aqui na nossa cidade. Porém, possivelmente o processo não seja muito diferente para as outras concessionárias pelo Brasil.

Qual é a responsabilidade do cliente? Essa dúvida é muito comum, mas é fácil de responder! Cabe ao cliente a responsabilidade por toda a estrutura do padrão de entrada, ou seja, as caixas, os cabos e o disjuntor.

Disjuntor, como escolher e o que observar?

Vamos explicar como fazer a troca do disjuntor do padrão de entrada!

Qual é a responsabilidade da concessionária? Aqui no nosso caso, a CEMIG é a responsável por fazer a inspeção do padrão, além de realizar a ligação deste padrão ao ponto de energia da concessionária.

Este detalhe aqui é muito importante! A ligação antes do padrão deve ser feita apenas por profissionais capacitados da própria concessionária. Portanto, nenhum eletricista contratado pelo cliente pode ligar ou desligar os cabos que alimentam o padrão.

Aumento de carga

Um ponto importante que você não pode esquecer é a solicitação do aumento de carga na concessionária. Isso deve ser feito através de um documento, que você encontra no próprio site da concessionária.

Com a solicitação devidamente preenchida e encaminhada, o próximo passo vem da concessionária, que vai marcar um dia para o profissional responsável da própria empresa fazer o desligamento temporário e cortar o lacre da concessionária.

Em seguida, o eletricista contratado pelo cliente faz a troca do disjuntor e dos cabos internos do padrão, se assim for necessário. O último passo deve ser dado pelo cliente, que deve solicitar o religamento na concessionária! Quando o processo é realizado corretamente, este religamento geralmente acontece no mesmo dia.

Entenda que qualquer procedimento fora deste descrito, pode ser muito perigoso e certamente vai estar violando alguma das regras das concessionárias, que são amparadas pela legislação.

O principal alerta aqui é quanto ao rompimento do lacre, que só pode ser feito pelo funcionário da concessionária. Se o cliente romper o lacre, isso é considerado ilegal, sendo passível de multa.

Como trocar o disjuntor do padrão de entrada?

Detalhe do lacre da concessionária CEMIG

Toda vez que falamos do padrão de entrada aqui no site, muitas dúvidas são enviadas. Por isso, estamos sempre fazendo conteúdos sobre este tema! No vídeo abaixo você pode aprender ainda mais sobre as orientações para a instalação dos padrões de entrada, vale a pena assistir!

Esperamos que tenha gostado do artigo e também do vídeo. Se ainda não for inscrito no canal, se inscreva porque estamos sempre postando ótimos vídeos por lá. Caso tenha ficado alguma dúvida ou sugestão, favor deixar nos comentários que iremos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)