Chuveiro! Como escolher o disjuntor para chuveiro?

Apesar de várias residências atualmente usarem o chuveiro elétrico, as dúvidas sobre o dimensionamento dos disjuntores para esses chuveiros só aumentam. Isso acontece porque os eletricistas não se capacitam o suficiente e ficam com receio na hora de instalar o circuito do chuveiro, o que acaba resultando no dimensionamento ou até na instalação errada do circuito.

Para ajudar na sua capacitação nesse assunto, o Mundo da Elétrica vai responder a pergunta de um inscrito, falando sobre a tolerância dos disjuntores e sobre a resistência elétrica do chuveiro para a realização do dimensionamento do disjuntor para esse chuveiro elétrico. Então, vamos lá pessoal!

Pergunta e Informações

A pergunta que recebemos é a seguinte: para um chuveiro de 5500W, onde o fabricante recomenda um disjuntor de 30A, é correto colocar um disjuntor de 32A?

Um ponto importante quando se fala sobre a corrente dos equipamentos é que além da potência, é preciso saber também qual é a tensão deste equipamento. Um exemplo disso é no próprio chuveiro com a potência de 5500W, que em uma tensão de 127V tem uma corrente de 43A e em uma tensão de 220V tem uma corrente de 25A.

Como dimensionar o disjuntor para chuveiro?

Cálculo de Corrente para o Disjuntor do Chuveiro em cada Tensão!

Como na pergunta o inscrito disse que o fabricante recomendou o uso de um disjuntor de 30A, dá a entender que a tensão é de 220V.

Tolerância

Pelo realizar o cálculo, um disjuntor de 25A estaria exatamente na corrente nominal do chuveiro! Porém, qualquer variação de tensão na rede poderia fazer a corrente subir um pouco e ficar desarmando o disjuntor.

Desta forma o fabricante recomenda um disjuntor de 30A, que teria uma tolerância de 5A a mais. A recomendação do disjuntor de 30A acontece devido às oscilações da tensão na rede elétrica, que em algumas concessionárias podem variar em até 8%.

Resistência do Chuveiro

Também deve ser observada a tolerância da resistência elétrica do chuveiro, além dos cabos e conexões, que também podem fazer a resistência do circuito variar.

Aqui no site e também no canal do Mundo da Elétrica têm conteúdos que explicam melhor essas variações de tensão nas concessionárias, mostrando quais são os níveis máximos permitidos.

Quando é colocado um disjuntor de 32A no circuito, teremos 7A a mais do que os 25A calculados, o que dá um percentual maior do que o disjuntor de 30A, que já tem um percentual de tolerância de 16%.

Resposta sobre o disjuntor para o chuveiro

Para essa situação, o disjuntor de 30A já está com uma tolerância calculada e permitida. Já o de 32A, tem um aumento considerável e que pode não proteger em algumas situações de sobrecorrente.

Dimensionar um disjuntor com um valor muito alto sem considerar uma tolerância máxima, pode acabar desprotegendo o circuito por sobrecorrente. A recomendação é usar este disjuntor de 32A somente quando não houver nenhum fabricante que disponibilize o disjuntor de 30A.

E lembre-se que como o chuveiro é uma carga resistiva, este disjuntor deve ser de curva B. Se você quiser aprender mais sobre as curvas dos disjuntores elétricos, nós aconselhamos que você assista o vídeo abaixo do Mundo da Elétrica, que vai te dar uma aula completa sobre essas curvas.

Não se esqueça de dar o like no vídeo, comentar e se inscrever no canal, pois a sua participação é muito importante para nós!

E aí, você consegue dimensionar um disjuntor para um chuveiro? Compartilhe este artigo juntamente com a sua resposta para nos ajudar! Ficou alguma dúvida? É só deixá-la aqui nos comentários e te responderemos.

Para mais artigos sobre vários temas da eletricidade, continue acompanhando o site do Mundo da Elétrica. E se quiser ter acesso aos nossos conteúdos exclusivos, é só nos seguir nas nossas redes sociais!

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário