Frequentemente nos artigos e vídeos do Mundo da Elétrica nós pedimos para você deixar a sua dúvida ou alguma sugestão. E foram essas dúvidas que deram origem ao artigo de hoje! O Mundo da Elétrica vai responder aqui três dúvidas sobre o DPS que nossos seguidores fizeram. Então, vamos lá pessoal!

O que é DPS?

O DPS também é conhecido por alguns como para-raios ou como Dispositivo de Proteção contra Surtos. Ele é um dispositivo que realiza a proteção de aparelhos ou equipamentos elétricos e eletrônicos contra surtos de corrente elétrica.

O surto que o DPS protege pode ocorrer devido aos raios que caem sobre a rede elétrica, à partida de grandes motores elétricos, além de outras anomalias que prejudicam e até inutilizam uma instalação elétrica.

Infelizmente, nem todo mundo conhece esse importante componente da instalação elétrica, e por isso nós vamos responder três perguntas sobre ele.

Essas perguntas foram recolhidas dos comentários do nosso canal do Youtube, então assista e comente em nossos vídeos. Porque o seu comentário pode ser o tema do próximo artigo do Mundo da Elétrica!

Primeira Pergunta

A primeira pergunta dos nossos seguidores que vamos responder é a seguinte: Se o DPS for instalado em um quadro secundário ele funciona de forma eficaz protegendo os dois sistemas?

O DPS é um dispositivo que só protege contra os surtos e transientes da rede elétrica que estiverem depois dele. Portanto, se o DPS for instalado em um quadro secundário, ele só vai proteger os circuitos a partir deste quadro de distribuição.

Funcionamento do DPS

Quando há um surto, o DPS protege somente o circuito após ele. Veja como ele funciona!

Segunda Pergunta

A segunda pergunta feita por um seguidor é sobre a substituição do cartucho queimado, no caso ele pergunta sobre a substituição do cartucho de reposição para o DPS, será que pode ser trocado com o disjuntor ligado?

A segurança em eletricidade é muito importante e deve sempre vir em primeiro lugar! Devido à isso, qualquer manutenção elétrica é feita com o circuito elétrico desenergizado.

Cartucho de Reposição de um DPS.

Para trocar um DPS queimado, você pode trocar o cartucho dele. Veja como é o cartucho desconectado!

Algumas pessoas poderão dizer que é possível trabalhar com o circuito energizado. Porém, esses casos são de necessidade extrema e diversas regras de segurança devem ser respeitadas para realizá-los, além do uso de EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual) para circuitos energizados.

Concluindo, sempre que for trocar o DPS tenha total certeza de que o circuito está desenergizado! Garanta também que a religação acidental não irá acontecer.

Terceira Pergunta

A terceira pergunta dos nossos seguidores é: Quantos DPS deve-se colocar em um QDC (Quadro de Distribuição de Circuitos)?

É necessário o uso do DPS para cada fase no circuito além do neutro, pois o surto pode acontecer individualmente em cada fase e também no neutro.

A quantidade de DPS na instalação é disposta da seguinte forma abaixo.

Quantidade de DPS por instalação.

O numero de DPS varia de acordo com a alimentação!

  • Instalação Monofásica: 2 DPS
  • Instalação Bifásica: 3 DPS
  • Instalação Trifásica sem Neutro: 3 DPS
  • Instalação Trifásica com Neutro: 4 DPS

Já que o DPS protege contra surtos, que tal conferir mitos e verdades sobre um dos causadores dos surtos? Veja este vídeo do canal Mundo da Elétrica para conferir essa curiosidade incrível!

Esperamos que você tenha gostado deste artigo com as três dúvidas mais feitas sobre o DPS e que ele tenha ajudado você a entender mais sobre os Dispositivos de Proteção contra Surtos! Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e continue acessando os outros conteúdos exclusivos que o Mundo da Elétrica tem. Se ficou alguma dúvida, deixe ela aqui nos comentários e te responderemos com satisfação!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)