Mesmo sendo um dispositivo de proteção essencial para as instalações elétricas, infelizmente a maioria das residências no Brasil não possuí o disjuntor DR ou o dispositivo DR, seja disjuntor ou interruptor. Isso acontece principalmente porque muitos eletricistas têm dúvidas sobre o uso correto desse dispositivo.

Dispositivo DR precisa de Aterramento?

O Mundo da Elétrica recebe frequentemente muitas dúvidas sobre o Interruptor Diferencial Residual (IDR) e sobre o Disjuntor Diferencial Residual (DDR). Porém, uma dessas perguntas é muito recorrente entre os nossos leitores e seguidores: um dispositivo DR funciona em um circuito que não tem aterramento?

Sendo assim, decidimos trazer este artigo para respondê-la e para isso, primeiro nós precisamos entender como o DR funciona. Então, vamos lá pessoal!

Dispositivo DR precisa de Aterramento? Descubra!

Saiba como o DR funciona e descubra a resposta dessa dúvida!

O dispositivo diferencial residual faz o seccionamento ou o interrompimento de um circuito sempre que ele detecta uma corrente de fuga maior do que 30mA!

Nós do Mundo da Elétrica fazemos questão de sempre enfatizar a importância do DR nas instalações elétricas, inclusive temos vários vídeos e artigos explicando as características deste dispositivo.

Por existir uma grande variedade de modelos de dispositivos DRs, é possível instalá-los em circuitos monofásicos, bifásicos e trifásicos. E independentemente do tipo de circuito elétrico, o IDR ou DDR faz o monitoramento da corrente elétrica que circula neste circuito, na fase e no neutro (quando tem).

Quando existe uma diferença de corrente entre uma das fases ou entre a fase e o neutro, o dispositivo DR desarma imediatamente, pois houve ali uma fuga de corrente.

Exemplo de Fuga e Resposta da pergunta!

Sabendo disso, a resposta para a pergunta que recebemos é dada pela informação a seguir. Uma fuga de corrente não precisa necessariamente de um circuito de aterramento elétrico para acontecer!

Por exemplo, uma pessoa que encosta na parte viva de um cabo fase e está em contato direto com o solo, vai criar um caminho alternativo para a corrente elétrica ir para a terra, virando assim a própria pessoa um escoamento para a corrente elétrica.

Neste exemplo que citamos, o dispositivo DR vai monitorar a corrente que entrou na fase. Mas como uma parte da corrente foi escoada para a terra através do corpo da pessoa e não voltou pelo neutro, o IDR vai desarmar porque ele percebeu que houve uma fuga de corrente elétrica!

Neste exemplo foi fácil perceber que não precisou de aterramento para ocorrer a fuga de corrente, justamente porque a própria pessoa serviu como um aterramento. No próprio corpo do IDR é possível ver que não existe um polo para o cabo de terra, apenas fases e neutro.

Dispositivo DR precisa de Aterramento? Descubra!

Esquema de Ligação do Dispositivo Diferencial Residual (DR)!

Esta confusão toda sobre o dispositivo DR precisar ou não de aterramento acontece muito porque alguns eletricistas confundem o IDR ou DDR, que são dispositivos diferenciais residuais, com o DPS, que é o dispositivo de proteção contra surtos.

É importante compreender que o DPS tem um funcionamento completamente diferente do DR, precisando de um circuito de aterramento. Outra informação indispensável é que o circuito de aterramento é obrigatório nas instalações, ou seja, não é porque o IDR não precisa desse sistema que o aterramento vai deixar de ser obrigatório!

O aterramento também tem uma grande função de proteção nos casos de choque elétrico, assim como IDR também tem. Portanto, é muito importante conhecer os tipos de aterramento para proteger corretamente a sua instalação e até as suas vidas!

E para te ajudar com isso, vamos deixar aqui embaixo um vídeo do canal do Mundo da Elétrica que vai te explicar e mostrar corretamente todos os tipos de aterramento elétrico. Não se esqueça de deixar o gostei no vídeo e de se inscrever no nosso canal!

Ficou com alguma dúvida sobre este assunto? Deixe aqui nos comentários e te responderemos com prazer! Compartilhe este artigo nas suas redes sociais para nos ajudar e continue acessando o site do Mundo da Elétrica para aprender cada vez mais.

Aproveite para nos seguir em todas as redes sociais, porque nós postamos conteúdos exclusivos lá. Não perca essa chance!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)