Você sabia que tem como instalar um ponto de tomada sem quebrar a parede ou usar uma canaleta? Esta instalação é possível graças à eletrofita! Neste artigo vamos mostrar o que é eletrofita e vamos ensinar como puxar um ponto de tomada usando uma eletrofita, vamos lá pessoal!

Eletrofita: O que é?

Um grande problema em reformas e manutenções elétricas é a instalação de novas tomadas e o quebra quebra nas paredes. E para solucionar este problema surgiu a ideia da fita elétrica!

A eletrofita também conhecida como fita condutora ou fita elétrica adesiva é um condutor que possui alta tecnologia e é produzido em forma de fita adesiva, a fim de poder ser instalada em diversas superfícies como por exemplo, paredes, tetos, pisos e outros.

Quando se troca os móveis ou quando se adquire um aparelho novo que necessita de energia constante, um ponto de tomada é indispensável! Porém, às vezes o local que o aparelho irá ficar não possui esse ponto de tomada, e para evitar de quebrar a parede ou usar uma canaleta que estraga o acabamento, a eletrofita é uma possibilidade vantajosa. Um dos objetivos desta fita é ligar uma nova tomada sem quebrar nada e deixar um acabamento perfeito.

Eletrofita, o que é?

Como Instalar uma Eletrofita? Veja neste artigo!

Eletrofita: Como adquirir

A eletrofita pode ser adquirida em kits que geralmente contém um rolo de eletrofita de uma medição determinada, um número de conectores de acordo com a quantidade de trilhas condutivas, e uma tela auto adesiva geralmente feita de fibra de vidro e da mesma medição da fita elétrica.

Esses conectores têm suas saídas baseadas na quantidade de trilhas da eletrofita, podendo ter múltiplas saídas ou somente uma.

Existem outros kits com quantidades de trilhas diferentes para a eletrofita, mas como este artigo irá ensinar como instalar uma tomada, vamos precisar de uma eletrofita com fase, neutro e terra, portanto, precisaremos de apenas 3 trilhas ou vias na eletrofita. Pode-se adquirir também uma tomada de sobrepor e uma capa para os conectores nesta instalação.

Eletrofita: Alguns cuidados

Para instalar a fita elétrica deve-se tomar alguns cuidados com a fita e com o local de instalação. Quando for guardar ou enrolar a eletrofita, tome cuidado para não enrolar em uma circunferência com o diâmetro menor que 30 cm para evitar a deformação e evite dobrar ou amassar a fita, para não interferir no seu funcionamento.

Com relação ao local de instalação, tenha certeza que é um local estável e com boa adesão, em relação à superfícies rugosas, lisas, ásperas ou porosas, caso contrário, faça os procedimentos para a estabilização da superfície antes de colar a fita.

Eletrofita: Preparação

Antes de instalar é necessário preparar a eletrofita. Analise a distância da tomada que você quer instalar e corte a fita 8cm a mais para a fixação e para colocar os conectores. Por exemplo, se você quer colocar uma tomada a 80cm de outro ponto de energia, corte a eletrofita com 88cm, pois 2cm serão para conexão dos bornes em cada lado e 4cm serão para colocar a fita na caixa de passagem já existente. Corte também a tela com a mesma medida da eletrofita.

Nas pontas da eletrofita, marque uma medida de 2cm e corte a parte plástica entre as tiras condutoras da eletrofita. Em seguida é preciso retirar a proteção das tiras condutoras da parte em que vão os conectores. A cola deverá ser retirada da parte condutora da eletrofita que vai ficar em contato com os conectores, para isso é só usar um removedor de cola ou um solvente de limoneno.

Para fixar os conectores nas pontas das fitas, basta dobrar a ponta da fita pela metade, de forma que ela fique com 1 cm, e para o conector de uma saída o cabo deve ser dobrado de forma diferente, dobrando dos lados para afinar a ponta. Depois é só encaixar os conectores na fita e apertar os parafusos, tanto de um lado, quanto do outro!

Eletrofita: Instalação

Com esses processos realizados, abra a caixa de passagem onde será feita a derivação, retire o espelho e o suporte, faça marcações de referência com uma trena para a eletrofita não ficar torta.

Agora retire aos poucos a proteção da eletrofita e vá colando-a na parede seguindo as marcações de referência. É importante retirar todas as bolhas de ar da fita, para isso use um martelo de borracha e uma espátula.

O próximo passo é colar também a tomada de sobrepor. Você pode usar uma fita dupla face para colar a tomada. Basta posicionar o acoplador/capa sobre os conectores e pressionar a tomada na parede.

Após isso, basta ligar os cabos aos conectores, lembrando que o cabo de terra é ligado a trilha do meio da eletrofita. Com os cabos conectados dos dois lados da fita, a ligação estará pronta.

Antes de iniciar o acabamento, faça um teste com a tomada para verificar o funcionamento, tome cuidado para não encostar na eletrofita, pois mesmo ela sendo isolada ainda há riscos.

Com o funcionamento correto, o próximo passo e último é o acabamento. Cole a tela auto adesiva em toda a extensão da eletrofita, de modo que a tela fique sobre a fita.

Para dar o acabamento basta cobrir a fita e a tela com massa corrida usando uma espátula plástica. Após a primeira mão secar, passe uma segunda mão e se for o caso uma terceira. Sempre esperando o tempo de secagem da massa corrida, que é de aproximadamente 3 horas.

Quando a massa estiver seca, a parede deve ser lixada e em seguida deve ser pintada da mesma cor da parede, não se esqueça dos pequenos detalhes que ficam sem tinta ou rachados.

Agora você pode aproveitar A sua nova tomada sem a dor de cabeça de ter quebrado a parede. Para você ver essa instalação na prática, assista o vídeo abaixo do canal Mundo da Elétrica para complementar seus conhecimentos.

Deixe aqui nos comentários se você conseguiu instalar a eletrofita e como ficou, e se tem alguma dúvida deixa aqui também que te responderemos! Continue acessando o site do Mundo da Elétrica para ver mais assuntos inovadores.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)