Pisca-Pisca de LED sem proteção? Respondido!

Escrito na categoria "Componentes elétricos e eletrônicos" por Henrique Mattede.

Nós conhecemos muita gente que compra pisca-pisca de boa qualidade, usa da forma incorreta e quando ele estraga, sai falando que era uma porcaria. Como existem muitas dúvidas, nós separamos três perguntas bem interessantes que fizeram sobre pisca-piscas e vamos respondê-las neste artigo do Mundo da Elétrica. Então, vamos lá pessoal.

Conexão entre Pisca-Piscas

O primeiro comentário que escolhemos foi uma pergunta sobre como fazer a conexão entre dois pisca-piscas. E nesta resposta já tem uma dica importante, porque muita gente acha que é só cortar o fio em qualquer lugar e depois emendar, mas não é bem assim!

Além de não ser correto, não adianta fazer a emenda dos cabos em paralelo igual fazemos com as lâmpadas residenciais.

Os dois pisca-piscas têm uma central de comando, que é essencial para o seu funcionamento, e cada central é dimensionada de acordo com a quantidade de lâmpadas, além das outras características específicas do circuito. Portanto, se você acrescentar mais lâmpadas nesta central, certamente vai haver uma sobrecarga nela. Além disso, a malha das lâmpadas é afetada, causando uma queda de tensão que vai deixá-las com a luz mais fraca.

Respondendo Perguntas sobre Pisca-Piscas!

Central de Comandos do Pisca-Pisca!

A melhor forma de fazer essa ligação de vários pisca-piscas é usando um filtro de linha, porque assim, você não altera as características estruturais dos componentes e garante uma conexão mais adequada!

Mas é importante ter cuidado para não sobrecarregar a tomada ou o filtro de linha!

Respondendo Perguntas sobre Pisca-Piscas!

Sobrecarga na tomada por muitas conexões!

Pisca-Pisca sem central?

Já que estamos falando da central de comandos, quem fez a segunda pergunta quer saber como adaptar o pisca-pisca de LED sem a caixa de comando.

Como foi falado anteriormente, não podemos fazer a emenda das lâmpadas do pisca-pisca por causa da sobrecarga no circuito. Além da central ser fundamental para controlar o acionamento das lâmpadas, ela também tem a função de regular a tensão de saída para a lâmpada.

A tomada trabalha em corrente alternada (monofásica ou bifásica), mas a lâmpada do pisca-pisca precisa ser alimentada por uma corrente contínua. Então, se o pisca-pisca for ligado direto na tomada sem a central de comandos, ele certamente vai queimar!

Respondendo Perguntas sobre Pisca-Piscas!

Tomada com corrente alternada (CA) e Pisca-Pisca com corrente contínua (CC).

Pisca-Pisca com chuva?

A terceira pergunta foi de uma inscrita que quer saber se pode deixar o pisca-pisca de LED ligado exposto à chuva. Muitas pessoas têm essa dúvida, e temos que tomar muito cuidado!

Independentemente do pisca-pisca ser de LED ou não, sempre use os enfeites adequados para decorar varandas, jardins, piscinas ou outros ambientes externos.

Ao adquirir um enfeite de decoração para ficar exposto, fique atento ao Índice de Proteção (IP). Caso você não saiba, veja os IPs que são resistentes à água:

Mas desde já avisamos, o pisca-pisca com este tipo de proteção é muito mais caro que o pisca-pisca comum!

Portanto, tenha cuidado com determinados produtos encontrados por aí, porque não são todos que atendem essas especificações.

Agora, além de ter o pisca-pisca funcionando corretamente, imagina poder controlar o acionamento do pisca-pisca e dos seus outros eletrodomésticos por voz? Para aprender como fazer essa automação incrível, veja o vídeo abaixo do Mundo da Elétrica!

Nós acreditamos que agora vocês já podem fazer a decoração de natal de uma forma segura e sem ter prejuízos desnecessários com pisca-pisca estragado. Ficou alguma dúvida que não foi respondida neste artigo? Deixe aqui nos comentários que iremos te ajudar!

Se quiser continuar aprendendo sobre eletricidade, é só nos seguir nas nossas redes sociais e acompanhar o site do Mundo da Elétrica!

Sobre o autor

Autor Henrique Mattede

Eletricista desde 2006, Henrique Mattede também é autor, professor, técnico em eletrotécnica e engenheiro eletricista em formação. É educador renomado na área de eletricidade e um dos precursores do ensino de eletricidade na internet brasileira. Já produziu mais de 1000 videoaulas no canal Mundo da Elétrica no Youtube, cursos profissionalizantes e centenas de artigos técnicos. O conteúdo produzido por Henrique é referência em escolas, faculdades e universidades e já recebeu mais de 120 milhões de acessos na internet.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário