Como ligar 127V em 220V? Problema Resolvido!

Escrito na categoria "Componentes elétricos e eletrônicos" por Henrique Mattede.

Você mora em uma região com tensão de 127V e vai se mudar para uma região com tensão de 220V, o que fazer com os equipamentos elétricos? E se for o contrário, mudar de uma região 220V para uma região com tensão de 127V? Se quiser saber quais são as suas alternativas para essa situação, acompanhe o Mundo da Elétrica neste artigo. Então, vamos lá pessoal!

O Mundo da Elétrica recebe todo dia várias mensagens, seja aqui no site, no nosso canal do YouTube ou no Instagram. E muitas dessas mensagens são perguntando sobre a diferença de tensão dos equipamentos para a rede elétrica.

Geralmente, a pessoa tem uma tensão de 220V na rede elétrica e compra um equipamento de 127V (ou vice-versa), e só percebe a tensão errada quando vai ligar.

Identificação

Para quem não sabe, nos equipamentos elétricos existe uma identificação com as suas características técnicas. É nessa parte do equipamento que está a tensão do aparelho.

A a identificação na maioria das vezes fica no corpo ou no cabo de ligação. Portanto, é nesta parte que você descobre se o aparelho elétrico é 127V, 220V ou bivolt.

Aparelhos com tensão diferente da rede elétrica! O que fazer?

Identificação da tensão e informações técnicas de um equipamento.

Lembrando que se você conectar um equipamento de 127V na rede de 220V, ele tem altíssimas chances de queimar!

E caso você ligue um equipamento 220V em 127V ele pode até funcionar, mas vai apresentar falhas e terá baixa potência.

Dúvidas e Enquete

Se você estivesse na situação que descrevemos no início do artigo, o que faria com os seus equipamentos 127V? Já que a tensão da região é de 220V?

Para saber o que os nossos seguidores pensavam sobre o assunto, fizemos uma enquete no nosso Instagram e colocamos as opções abaixo.

Enquete sobre a diferença de tensão entre a rede elétrica e os aparelhos!

O que fazer quando houver diferença na tensão da casa e dos aparelhos?

Na imagem abaixo é possível ver qual foi a resposta dos nossos seguidores, onde a maioria disse que trocaria os equipamentos para uma nova tensão ou usaria um transformador de tensão.

Enquete sobre diferença de tensão entre a rede elétrica e os aparelhos!

Resposta da enquete sobre diferença de tensões.

Como a maioria das pessoas falaram que as opções B e C estavam certas, fizemos outra enquete só com as duas perguntando qual seria a melhor. Podemos ver que 59% disse que a melhor opção seria usar um transformador!

Enquete sobre a diferença de tensão entre a rede elétrica e os aparelhos!

Qual o melhor? Um transformador ou a troca de tudo?

Como a maioria pensou, a resposta correta da enquete é a opção D! Mas precisamos explicar porque essas duas opções estão certas.

Primeiro precisamos entender que a melhor opção varia de acordo com a situação, e temos duas situações diferentes aqui!

Usar um Transformador de Tensão

A primeira situação é quando a compra do transformador é a melhor opção, e esse é o caso onde o preço do aparelho é mais caro do que o preço do transformador!

É importante saber que o preço do transformador varia muito de acordo com o seu dimensionamento. Existem transformadores de R$50, R$100, R$200, R$300 e até de R$2.000 reais.

Esse dimensionamento pode ser feito através da potência e do fator de potência do transformador. E você pode optar por um transformador “geral” para todos os aparelhos, ou então pode comprar transformadores para circuitos exclusivos, se os seus aparelhos forem de tensões diferentes.

Porém, em ambas as situações o preço pode aumentar muito, mais muito mesmo! E é aí que entra a situação onde a troca dos aparelhos é a melhor!

Troca dos Aparelhos

No caso onde o transformador é mais caro que todos os aparelhos juntos, não seria mais vantajoso vender esses aparelhos? Desse jeito, você pode pegar o dinheiro e comprar outros equipamentos com a tensão correta ou até bivolts, que seriam melhores ainda.

Isso sem falar que quando ligamos um aparelho em um transformador, temos o gasto do aparelho e também o gasto do transformador, ou seja, é um gasto de energia elétrica a mais!

Além disso, também temos que considerar que o transformador tem perdas que aumentam as chances de falhas, justamente por ser mais um equipamento na instalação.

A solução que recomendamos é vender os aparelhos com a tensão “errada” e comprar aparelhos bivolts, que vão solucionar esse problema. Mas caso você queira comprar um transformador, dê uma olhada neste vídeo do Mundo da Elétrica e aprenda mais sobre este equipamento!

E aí, você concorda conosco? Compartilhe o artigo juntamente com a sua opinião e não esqueça de nos seguir nas redes sociais do Mundo da Elétrica para também participar das nossas enquetes, além de ter acesso à conteúdos exclusivos!

Se tiver ficado alguma dúvida ou caso você tenha alguma sugestão, por favor deixe aqui nos comentários e te responderemos com prazer. E se quiser continuar aprendendo sobre a grande área da eletricidade, é só continuar acompanhando o nosso site!

Sobre o autor

Autor Henrique Mattede

Eletricista desde 2006, Henrique Mattede também é autor, professor, técnico em eletrotécnica e engenheiro eletricista em formação. É educador renomado na área de eletricidade e um dos precursores do ensino de eletricidade na internet brasileira. Já produziu mais de 1000 videoaulas no canal Mundo da Elétrica no Youtube, cursos profissionalizantes e centenas de artigos técnicos. O conteúdo produzido por Henrique é referência em escolas, faculdades e universidades e já recebeu mais de 120 milhões de acessos na internet.

Aviso legal

Todas as informações obtidas neste site e páginas de redes sociais relacionadas a ele são apenas de caráter INFORMATIVO. O Mundo da Elétrica NÃO se responsabiliza por nenhum dano ou prejuízo causado pela execução de ações relacionadas ou não ao conteúdo descrito aqui. Procure sempre um profissional qualificado, sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Deixe um comentário