As válvulas são dispositivos de extrema importância dentro e até fora das indústrias, principalmente em processos industriais. Sabendo da grande importância das válvulas o Mundo da Elétrica explica neste artigo o que é uma válvula solenoide, como funciona um solenoide e quais são as aplicações de uma solenoide. Vamos lá!

Válvula solenoide: O que é?

A válvula solenoide é um equipamento que possui diversas aplicações, sendo aproveitado em várias áreas. Para quem não conhece, a válvula solenoide é uma válvula eletromecânica controlada, que tem como função controlar o fluxo de líquido e gases.

A válvula de solenoide possui uma bobina, que é constituída de fio de cobre, enrolada com o centro livre, de forma com que a solenoide é considerada a peça principal de uma válvula solenoide.

Com a válvula solenoide é possível fechar, distribuir ou misturar o fluxo de gases e líquido, garantindo controle ou proteção, se tornando um produto fundamental em processos industriais.

Válvula solenoide: Como Funciona?

O funcionamento da válvula solenoide é relativamente simples. Como explicamos anteriormente a válvula solenoide possui uma bobina composta por um fio enrolado através de um cilindro. Ao energizar a válvula uma força eletromagnética é gerada no centro da bobina solenoide, fazendo com que o êmbolo da válvula comutado, assim criando um sistema capaz de abrir e fechar. Dessa forma permitindo a passagem ou o bloqueio de gases ou líquidos.

Válvula solenoide: Tipos de válvulas

Podemos classificar as válvulas solenoide de acordo com seu tipo de ação, ou seja, pode ser uma válvula de ação direta ou indireta. Usamos válvulas de ação direta para as válvulas que possuem uma baixa capacidade e pequenos orifícios. Por outro lado, a válvula solenoide de ação indireta é controlada, usada em grandes sistemas.

Vários modelos de válvulas solenoide.

Válvulas solenoide, tipos e aplicações?

Existem diversos tipos e modelos de válvula, cada uma delas sendo utilizadas para um fim específico. Em relação a quantidade de vias em uma válvula, podemos citar:

  •  Válvulas de duas: Usadas para controle de fluído e automação pneumática;
  •  Válvulas de três vias: Utilizadas em casos de desvio e convergência de fluxos;
  •  Válvulas de quatro e cinco vias: Servem para operação de cilindros e atuadores de dupla ação.

É preciso levar em consideração levar em consideração, além do fluido, também o diferencial de pressão que será aplicado à válvula solenoide, porque esta pressão de trabalho afeta no funcionamento solenoide e os componentes internos da válvula. Em relação às válvulas de pressão podemos citar as válvulas de vácuo, válvulas de baixa pressão e válvulas de alta pressão.

Válvulas solenoide: Materiais de construção

Podemos construir uma válvula de solenoide com diversos materiais distintos, de forma que cada material seja escolhido conforme suas propriedades químicas e seus custos. A escolha do material base de uma válvula solenoide não é feito apenas pelo fluido que será controlado, mas também por causa do ambiente em que a válvula será implantada, porque esses ambientes podem ser perigosos, corrosivos ou estéreis. Abaixo temos alguns modelos de válvulas solenoide feitas de diferentes tipos de materiais:

  • Válvula solenoide de latão;
  • Válvula solenoide de aço inox;
  • Válvula solenoide de bronze;
  • Válvula solenoide de Polímeros.

Caso queira aprender um pouco mais sobre solenoide, bem como as suas aplicações e forma de instalação, abaixo temos um vídeo do Mundo da Elétrica. Neste vídeo ensina passo a passo como fazer um sistema de irrigação automática, usando uma solenoide e um timer.

Finalizamos mais um artigo e esperamos ter esclarecido todas as suas dúvidas sobre o funcionamento da válvula solenoide, e suas aplicações. Se tiver ficado alguma dúvida deixe nos comentários que iremos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)