Você já usou baterias em algum momento da sua vida! E se você tem um nobreak na sua casa ou no seu trabalho, com certeza uma bateria já impediu que você ficasse sem energia por um tempo. Mas você sabe como testar uma bateria? Sabe como dizer se a vida útil dela terminou ou está próxima disso? É sobre teste de baterias que o Mundo da Elétrica vai falar neste artigo. Então, vamos lá pessoal!

Rede Elétrica Perfeita x Rede Elétrica Real

Todos os equipamentos eletrônicos deveriam ser alimentados por uma rede elétrica perfeita, de onda senoidal e sempre com uma tensão nominal eficaz, sem distorção ou ruído elétrico. Mas sabemos que não é bem assim, infelizmente nós sofremos com a qualidade da nossa energia.

Existem as flutuações de tensão, flutuações de frequência, distorções ou ruídos elétricos, harmônicas, transientes, cortes no abastecimento e várias outras anomalias que são prejudiciais para a vida útil de nossos equipamentos eletroeletrônicos.

Dos problemas citados acima, uma parte é da responsabilidade da fornecedora de energia como por exemplo, os cortes, as flutuações de subtensões, de sobretensões e de frequência. Já os outros problemas dependem da qualidade da instalação elétrica, por exemplo, os ruídos, as harmônicas e os transientes.

UPS: O que é?

Uma forma eficaz de resolver esses problemas é o uso de UPS’s, ou nobreaks como conhecemos aqui no Brasil! UPS é a sigla em inglês de Uninterruptible Power Supply, ou seja, fonte de alimentação ininterrupta.

As UPS’s oferecem uma “defesa” contra a “sujeira” na energia elétrica, contra a prevenção na perda de dados e danos em equipamentos, assim como fornecem energia durante curtos períodos ou emergências.

Baterias: Características e aplicações

É aí que entram as baterias, pois o principal componente de uma UPS é exatamente uma bateria ou um conjunto delas!

Baterias conseguem armazenar e fornecer energia para circuitos elétricos. Em uma UPS, por exemplo, esse fornecimento de energia pode ser realizado por apenas uma bateria, ou através de um banco de baterias, que são associações de baterias.

Não são apenas nas UPS’s que as baterias são essenciais, sabemos que em todo carro tem uma bateria. Também existem sistemas de geração de energia solar com uso de baterias e muito outros lugares onde é importante não ter interrupção de energia.

Independentemente de ser uma ou várias baterias, elas devem estar em boas condições para atender a demanda durante as emergências

Mas como saber se uma bateria está boa? Como saber se em caso de falha de energia, esta bateria vai conseguir manter todo o sistema ligado? Existem dois fatores principais que causam a deterioração da vida útil das baterias, são eles:

  • Carregamento por longos períodos
  • Ciclo de carga e descarga repetidos muitas vezes

Se as baterias estiverem deterioradas, elas não conseguem fornecer energia suficiente durante as emergências! Sendo assim, como saber se a bateria está boa ou ruim?

Como testar Bateria?

Bom, existem alguns métodos para testar a deterioração da vida útil da bateria, vamos falar dos 3 métodos mais utilizados e usar um deles como exemplo.

Teste de Densidade Líquida

Este é um teste que é feito medindo a densidade líquida da bateria, mas este teste não pode ser feito em todas as baterias, pois existem baterias seladas onde não é possível ter acesso aos eletrólitos, que são basicamente o líquido de alguns tipos de bateria.

Para este teste, a bateria tem que ser retirada para análise e não pode estar energizada,ou seja, isso pode ser crítico em alguns sistemas de baterias!

Teste de Carga/Descarga

Neste teste é possível medir precisamente a capacidade de descarga da bateria, e para a sua realização também é necessário retirar a bateira. Além do problema citado no exemplo anterior, neste caso temos outro agravante que é o tempo bem grande que demora para realizar este tipo de teste.

Verificação da Resistência Interna da Bateria.

Este é o teste mais rápido e simples! Toda bateria tem uma resistência interna e quanto menor a resistência, mais fácil fica para a bateria entregar a energia que ela armazena.

Quando uma bateria se desgasta, a sua resistência interna aumenta aproximadamente 1,5 ou 2 vezes em relação ao valor de uma bateria nova, e a sua capacidade de descarga consequentemente cai. Quando isso acontece, ela para de entregar a quantidade de energia considerada ideal para essa bateria.

Aprenda como testar baterias!

Gráfico de Desgaste da Bateria.

Sabendo a resistência interna da bateria quando está nova, basta medir a resistência atual e ver o quanto ela aumentou.

Como medir a Resistência Interna de uma Bateria?

Para medir a resistência interna de uma bateria com facilidade, a melhor opção é usar um testador de baterias! Existem várias vantagens de se usar um testador de baterias.

Sem dúvidas a principal vantagem é poder fazer a medição sem ser necessário desconectar a bateria do sistema em que ela está ligada, ou seja, você pode testar a bateria energizada.

Você pode setar o valor de referência da bateria e quando fizer a medição, o testador vai mostrar ou avisar quando a bateria tiver a vida útil no fim. E dependendo do modelo, a medição dura menos de dois segundos!

Para exemplificar o uso do testador, fizemos o teste em 3 baterias diferentes. O testador que usamos fez tanto a medição da tensão da bateria quanto a medição da resistência.

Bateria antiga e desenergizada

A primeira bateria estava desenergizada e era uma bateria bem antiga. Pela referência do fabricante, essa bateria tem aproximadamente 20 mili Ohm (?) de resistência interna.

O testador indicou que a tensão da bateria era de aproximadamente 6,13 volts, e quando pressionamos a ponta de prova nos polos da bateria, ela nos indicou a resistência interna. Nesta bateria a medição foi de 33,1 mili ohms.

Aprenda como testar baterias!

Primeiro Teste: Bateria Antiga Desenergizada.

Se dividirmos a resistência medida pela resistência de referência, podemos ver que esta bateria tem resistência interna 1,65 vezes maior que uma nova, ou seja, essa bateria está ruim!

Nobreak Energizado

No segundo teste nós testamos um nobreak energizado, e quando a bateria deste nobreak está nova, tem uma resistência de aproximadamente 22 mili Ohm (?).

A medição de tensão da bateria ficou acima de 13V, assim como é esperado para uma bateria de 12V completamente carregada. Quando pressionamos a ponta de prova nos polos da bateria, tivemos uma medição de 24 mili Ohm (?) de resistência.

Aprenda como testar baterias!

Segundo Teste: Nobreak Energizado.

Dividindo o valor encontrado pelo valor de referência temos 1,09, que é bem abaixo do limite de 1,5. Portanto, esta bateria ainda está em excelente estado!

Bateria de Carro

Por último nós testamos a bateria de um carro, porque alguns medidores também são utilizados em baterias automotivas. Então, com o carro ligado é só encostar as pontas de provas nos polos da bateria

Na consulta do manual da bateria, vimos que esta bateria tem resistência interna de 7,2 mili ohm quando está nova. A tensão obtida na medição foi maior que 14V, assim como era esperado em uma bateria automotiva carregada. Observe também que a resistência interna medida para esta bateria foi de 8,9m ohm.

Aprenda como testar baterias!

Terceiro Teste: Bateria de um carro.

Dividindo o valor encontrado pelo valor de referência, temos aproximadamente 1,23, abaixo do limite de 1,5. Sendo assim, esta bateria ainda está em bom estado.

Multímetro ou Testador de Baterias?

Como os testes foram medições de resistência, talvez você esteja se perguntando por que então não usar um multímetro para medir a resistência interna da bateria?

O multímetro pode realizar medições de resistência com circuitos desenergizado, ou seja, a bateria teria que estar desconectada do sistema e descarregada.

Porém, de nada vai adiantar medir a resistência interna sem carga porque a bateria poderia estar aberta, ou seja, consequentemente teríamos uma alta resistência sendo medida.

Com alguns testadores é possível realizar a medição da resistência interna com carga e energizada ao mesmo tempo, sem a necessidade de retirar a bateria do sistema.

Para você continuar aprendendo sobre baterias, vamos deixar abaixo um vídeo do Mundo da Elétrica que vai te ensinar como fazer uma bateria caseira! Se gostar do vídeo, deixe o seu like e se inscreva no canal!

E aí, teve alguma dúvida? É só deixar ela aqui nos comentários e voltar depois para ver a sua resposta! Compartilhe este artigo para nos ajudar, siga a gente nas redes sociais e continue acessando o site do Mundo da Elétrica para ver sempre conteúdos novos para você!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)